Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Desenho de aluna de Estrela se transforma no mascote dos Jogos Escolares do Rio Grande do Sul

Cerimônia que revelou ganhadora do concurso ocorreu nesta quarta-feira na Seduc

Publicação:

Concurso contou com vários organizadores
Concurso contou com vários organizadores - Foto: Lucas Nogare Peres
Por Seduc
Desenho faz alusão a várias modalidades
Desenho faz alusão a várias modalidades - Foto: Lucas Peres

Os Jogos Escolares do Rio Grande do Sul (Jergs), depois de 48 anos, finalmente ganharam um mascote. Nesta quarta-feira (5), em solenidade na Secretaria de Estado da Educação (Seduc), a Divisão de Programas e Projetos Especiais (DPPE) apresentou o ganhador do concurso ocorrido ao longo do ano para escolher o melhor símbolo para a competição. A aluna Vitória Caroline da Silva, 17 anos, do segundo ano do Ensino Médio da EEEM Estrela, de Estrela, foi a vencedora. Além de entrar para a história da competição, ela foi agraciada com medalhas e um notebook.

“Eu pensei em representar o maior número de esportes possíveis no meu boneco. Então o cabelo virou pista de atletismo, o corpo virou uma cesta e bola de basquete, o tênis é do futsal, e por aí foi”, relatou a estudante. Na cerimônia, ela arriscou um nome para o seu trabalho. “Confesso que não pensei nisso quando desenhei, mas vi que o pessoal tem chamado ele de Jerguito. Por mim, está ótimo”, contou.

Responsável pela ideia de se fazer o mascote, o coordenador da 9ª Coordenadoria Regional de Cruz Alta, Gustavo Bilibio, enalteceu a organização do concurso. “Claro que é preciso ter a ideia, mas ainda mais importante é dar seguimento, investir e fazer o projeto ter viabilidade. Por isso, a Seduc está de parabéns”, afirmou.

Confira mais fotos

 

O concurso

Ainda no primeiro semestre, alunos de todas as mais de 2,5 mil escolas estaduais foram estimulados a desenhar o mascote. Cada escola ficou responsável por apresentar seu melhor trabalho e leva-lo à CRE correspondente, que então selecionou o melhor da região e o enviou para a Seduc. Cada trabalho apresentado pelas 29 CREs e pela Divisão Porto Alegre (DPA) foi avaliado pela Comissão Julgadora dos Jergs, formada por professores ligados às Artes e à Educação Física. Ao final, o mascote de Vitória Caroline foi o vencedor.

Até a próxima semana, os desenhos finalistas de cada CRE estarão expostos na Praça Luiz Quartieri, na Seduc. Para os Jergs de 2019, a Seduc planeja usar o logotipo do boneco nos papéis oficiais da competição e, ainda, criar trajes em tamanho real para o Jerguito (nome a ser confirmado).

 

A competição

Os Jergs são promovidos pela Seduc, organizados e supervisionados pela Assessoria de Esporte Educacional do DPPE e, na fase inicial, executados pelas CREs, em parceria com prefeituras e comunidade escolar. As disputas ocorrem em nove modalidades nas categorias Infantil (12 a 14 anos) e Juvenil (15 a 17 anos), nos gêneros masculino e feminino. Este ano, mais de um milhão de alunos, das redes públicas, participaram do evento

Secretaria da Educação